Bolsas de Estudo

Você já deve ter lido ou ouvido alguém dizer que qualificação profissional é indispensável para conquistar um espaço no mercado de trabalho. A gente também acredita nisso! O mercado muda a todo instante e, por isso, requer pessoas preparadas para assumirem novas funções e projetos, de acordo com as tendências da área de atuação.

Sabia que o Encaminhamento Brasil auxilia na sua qualificação profissional? Isso mesmo! A gente tem parceria com instituições educacionais em todo o território do país para garantir a você descontos e bolsas de estudos. Para ter acesso a esses benefícios, basta fazer o seu cadastro aqui

Ao cadastrar gratuitamente o seu currículo em nosso banco de dados, suas informações ficam disponíveis para as escolas parceiras. Dessa forma, você receberá avisos quanto à disponibilidade de bolsas de estudo, sejam parciais ou integrais, e desconto nos cursos ofertados.

Confira abaixo, as escolas parceiras do Encaminhamento Brasil

Mas, o que é bolsa de estudos?

É um benefício financeiro concedido a uma pessoa em uma instituição de ensino. Se a bolsa for de 100%, o bolsista fica isento do pagamento da mensalidade. Pode ser também que a bolsa seja parcial, aí o estudante paga conforme a porcentagem fornecida. Em geral, as bolsas parciais variam de 20 a 50%. O abatimento pode ser por um curto período de tempo ou durante todo o curso.

Existem situações em que a bolsa é concedida por mérito acadêmico. Assim, quanto maior o desempenho do estudante, maior a porcentagem e o tempo de duração da bolsa. Outras vezes, a bolsa é concedida para atletas que levam o nome da instituição para as competições. Isso também é o caso de músicos e outros artistas.

Há também empresas que custeiam cursos para os funcionários ou têm convênios com as escolas para que eles obtenham descontos. Todas essas formas de concessão de bolsas possibilitam a qualificação profissional de quem está ingressando ou já faz parte do mercado de trabalho.

Mas, o que é bolsa de estudos?

É um benefício financeiro concedido a uma pessoa em uma instituição de ensino. Se a bolsa for de 100%, o bolsista fica isento do pagamento da mensalidade. Pode ser também que a bolsa seja parcial, aí o estudante paga conforme a porcentagem fornecida. Em geral, as bolsas parciais variam de 20 a 50%. O abatimento pode ser por um curto período de tempo ou durante todo o curso.

Existem situações em que a bolsa é concedida por mérito acadêmico. Assim, quanto maior o desempenho do estudante, maior a porcentagem e o tempo de duração da bolsa. Outras vezes, a bolsa é concedida para atletas que levam o nome da instituição para as competições. Isso também é o caso de músicos e outros artistas.

Há também empresas que custeiam cursos para os funcionários ou têm convênios com as escolas para que eles obtenham descontos. Todas essas formas de concessão de bolsas possibilitam a qualificação profissional de quem está ingressando ou já faz parte do mercado de trabalho.

E, por que buscar qualificação profissional?

A competitividade por uma vaga de emprego é alta. Portanto, quem tem mais qualificação, tem também mais chances de conquistar melhores posições e salário. Mas, fique atento: a atualização na sua área de interesse deve ser constante. Sendo assim, é indispensável realizar cursos e ter outras experiências durante toda a sua carreira. 

Se você souber falar um segundo idioma, tiver uma boa oratória, habilidades em comunicação escrita ou com algum software, por exemplo, já sai na frente na corrida por uma oportunidade de emprego. Ao buscar qualificação profissional, deve-se pensar em desenvolver competências tanto técnicas quanto comportamentais. Afinal, além de um profissional que saiba operar sistemas e equipamentos, as empresas buscam quem consiga ter boa interação com os colegas, proatividade e capacidade de solucionar problemas.

Outros benefícios de buscar qualificação profissional são a oportunidade de aprender novas habilidades, ser destaque no ambiente de trabalho e obter reconhecimento. Então, escolha cursos de excelência e instituições de ensino reconhecidas. Fique de olho nos parceiros do Encaminhamento Brasil!

E, por que buscar qualificação profissional?

A competitividade por uma vaga de emprego é alta. Portanto, quem tem mais qualificação, tem também mais chances de conquistar melhores posições e salário. Mas, fique atento: a atualização na sua área de interesse deve ser constante. Sendo assim, é indispensável realizar cursos e ter outras experiências durante toda a sua carreira. 

Se você souber falar um segundo idioma, tiver uma boa oratória, habilidades em comunicação escrita ou com algum software, por exemplo, já sai na frente na corrida por uma oportunidade de emprego. Ao buscar qualificação profissional, deve-se pensar em desenvolver competências tanto técnicas quanto comportamentais. Afinal, além de um profissional que saiba operar sistemas e equipamentos, as empresas buscam quem consiga ter boa interação com os colegas, proatividade e capacidade de solucionar problemas.

Outros benefícios de buscar qualificação profissional são a oportunidade de aprender novas habilidades, ser destaque no ambiente de trabalho e obter reconhecimento. Então, escolha cursos de excelência e instituições de ensino reconhecidas. Fique de olho nos parceiros do Encaminhamento Brasil!

Formas de se qualificar

Veja bem, o primeiro passo é realizar cursos, que podem ser de nível técnico e superior, de idiomas, de habilidades comportamentais, entre outros. Ter uma graduação é requisito para concorrer a cargos mais altos. Já a pós-graduação é uma maneira de se destacar entre os colegas de profissão, pois terá um título de especialista, mestre ou doutor em disciplinas específicas. Aliás, ao se especializar, você pode se tornar referência na sua área.

Para quem é estudante universitário, aproveitar os cursos de extensão é uma ótima forma de agregar conhecimentos e habilidades à formação. Mesmo quem ainda está no ensino médio, é importante escolher algum curso para de destacar no momento de buscar o primeiro emprego. Existem cursos de curta e de média duração que enriquecem o seu currículo.

Durante a pandemia, você já realizou algum curso à distância? Pense na possibilidade de estudar de casa, sem gastar com transporte e, muitas vezes, alimentação. Aliás, as instituições costumam cobrar menos de cursos não-presenciais. Veja bem, a tecnologia é uma excelente ferramenta de qualificação profissional.

A Educação à Distância (EaD) permite uma rotina flexível para assistir às aulas, otimização do tempo e autonomia. É possível ainda realizar diversos cursos, já que o estudante consegue conciliar o início de um e de outro com mais facilidade. Porém, é preciso ter também muita disciplina e determinação.

Além dos cursos, a participação em eventos, congressos, palestras e workshops também são formas de qualificação profissional. Nas lives ou nos encontros presenciais, você adquire novos conhecimentos e também se relaciona com outros profissionais, formando assim uma rede de contatos.

Quando ainda não tem experiência e nem formação concluída, é preciso buscar alternativas. Uma forma de aprimorar as competências e melhorar o seu currículo é realizando atividades como voluntário, ir atrás de estágio ou programas de trainee.

Seja qual for a sua decisão, conte com o Encaminhamento Brasil para a sua inserção, recolocação e qualificação profissional!

Formas de se qualificar

Veja bem, o primeiro passo é realizar cursos, que podem ser de nível técnico e superior, de idiomas, de habilidades comportamentais, entre outros. Ter uma graduação é requisito para concorrer a cargos mais altos. Já a pós-graduação é uma maneira de se destacar entre os colegas de profissão, pois terá um título de especialista, mestre ou doutor em disciplinas específicas. Aliás, ao se especializar, você pode se tornar referência na sua área.

Para quem é estudante universitário, aproveitar os cursos de extensão é uma ótima forma de agregar conhecimentos e habilidades à formação. Mesmo quem ainda está no ensino médio, é importante escolher algum curso para de destacar no momento de buscar o primeiro emprego. Existem cursos de curta e de média duração que enriquecem o seu currículo.

Durante a pandemia, você já realizou algum curso à distância? Pense na possibilidade de estudar de casa, sem gastar com transporte e, muitas vezes, alimentação. Aliás, as instituições costumam cobrar menos de cursos não-presenciais. Veja bem, a tecnologia é uma excelente ferramenta de qualificação profissional.

A Educação à Distância (EaD) permite uma rotina flexível para assistir às aulas, otimização do tempo e autonomia. É possível ainda realizar diversos cursos, já que o estudante consegue conciliar o início de um e de outro com mais facilidade. Porém, é preciso ter também muita disciplina e determinação.

Além dos cursos, a participação em eventos, congressos, palestras e workshops também são formas de qualificação profissional. Nas lives ou nos encontros presenciais, você adquire novos conhecimentos e também se relaciona com outros profissionais, formando assim uma rede de contatos.

Quando ainda não tem experiência e nem formação concluída, é preciso buscar alternativas. Uma forma de aprimorar as competências e melhorar o seu currículo é realizando atividades como voluntário, ir atrás de estágio ou programas de trainee.

Seja qual for a sua decisão, conte com o Encaminhamento Brasil para a sua inserção, recolocação e qualificação profissional!